Segunda via de Boletos

3 Histórias que provam que o cão é o verdadeiro amigo do homem

O cão é mesmo o melhor amigo do homem? A que se deve esta fama? Não faltam histórias para comprovar que sim, o cão é mesmo um amigo muito leal ao ser humano.

3_hist%c3%93rias_que_provam_que_o_c%c3%83o_%c3%89_o_verdadeiro_amigo_do_homem_capa

Várias pessoas conhecem o exemplo do filme “Sempre ao seu Lado” (em inglês, “Hachiko: A Dog’s History” ) que ganhou fama e emocionou plateias pelo mundo todo.

Este famoso caso trata-se da bela história do cão Hachiko, um animal japonês que costumava aguardar seu dono chegar à estação de trem todos os dias após o trabalho. Mesmo após a morte de seu dono, o cão voltava diariamente à estação e aguardava pacientemente o retorno do seu amado humano. Hachiko fez isso pela vida toda, até falecer.

É uma história de arrancar lágrimas de qualquer um. Inclusive, já foi abordado a respeito desta narrativa e sobre a raça de Hachiko aqui no site, na matéria sobre o Akita Inu. Agora, vamos mostrar outras histórias reais tão emocionantes quanto esta e que ganharam verdadeiro destaque em noticiários e redes sociais, causando comoção em todos aqueles que presenciaram.

Acompanhe e veja o porquê uma companhia canina pode ser tão gratificante ao longo de sua vida!

  1. Capitán – Argentina

Capitán, um cão vira-lata, porém muito semelhante a um pastor alemão, manteve-se por anos dormindo ao lado do túmulo do dono. Alguns funcionários do cemitério relataram que o cão apareceu um dia sem ninguém levá-lo até lá e ele encontrou sozinho o local em que o dono estava enterrado.

Desde então, o animal passava as noites dormindo por lá, bem ao lado do túmulo em questão. A viúva de Miguel, o falecido dono, contou que o cão às vezes aparece em sua residência e passa um tempo, porém, ao anoitecer, ele volta ao túmulo, velar seu amigo.  

Esta história foi veiculada em vários noticiários, dentre eles, esta matéria da Exame. Até então, seis anos haviam se passado desde a adoção deste hábito pelo cão.

  1. Iowa – EUA

A tristeza e a comoção tomam conta de qualquer velório, principalmente daqueles que prosseguem de uma morte trágica. Durante o velório de um dos soldados americanos mortos em uma operação de guerra no Afeganistão, todos puderam presenciar a força da lealdade de um cão.

Iowa, o cachorro do soldado Jon Tumilson, integrante do grupo de elite Navy SEAL, prostrou-se ao lado do caixão de seu dono durante todo o seu velório, emocionando os presentes e familiares.

A prima do falecido fotografou o cão e compartilhou a imagem nas redes sociais, tornando a história famosa, pois muitas pessoas, comovidas, compartilharam a cena. Jon Tumilson tinha 35 anos e, com ele, morreram outros 22 soldados.

A história virou manchete em vários veículos. Veja na Matéria do UOL.

  1. Orlando – EUA

Agora, veja a história de um cão-guia que fez mais do que guiar seu dono. Orlando, um labrador retrieve, arriscou-se saltando nos trilhos de um metrô em Nova York para salvar seu amigo humano. Cecil Williams, 61 anos, o dono, sentiu-se mal abruptamente e desmaiou, caindo então, da plataforma do trem.  

Orlando tentou segurar Williams, porém, não conseguiu. Então, o animal pulou junto ao dono no intuito de protegê-lo. A história é de arrepiar: Orlando lambeu o dono insistentemente para acordá-lo. Enquanto isso, os outros passageiros, desesperados, tentavam avisar o maquinista com acenos.

Mesmo não conseguindo frear totalmente, o motorista conseguiu reduzir a velocidade do veículo e os danos foram menores do que poderiam ser. Williams acordou devido ao esforço do cão e ambos conseguiram deitar no vão dos trilhos. Mesmo sendo atropelados, eles sobreviveram e celebram esta amizade.

A história pode ser conferida em vários noticiários. Retiramos os dados desta matéria de 2013 do UOL.


Muitas histórias de cãezinhos heróis e fieis ao dono não possuem o mesmo final feliz. Existem casos de animais que morreram para salvar seus amigos humanos, demonstrando que o amor e a gratidão, que estes anjos de quatro patas sentem por seus donos vão além do entendimento humano.

Mesmo assim, estas situações emocionam multidões e trazem uma mensagem de amor e esperança para a humanidade. E, o mais importante: mostram a todos o quanto devemos respeitar a vida de nossos amigos peludos.

Otras noticias Curiosidades