Segunda via de Boletos

Yorkshire – um pequeno grande companheiro

Se você pensa que o Yorkshire é apenas mais um cachorro de madame, pense novamente. Apesar de sua crescente popularidade, sua personalidade vai muito além disso.

Cachorro-raca-yorkshire2

Pequeno e fofo, em uma primeira impressão ele pode mascarar uma característica muito intensa: sua vivacidade. Sua alegria contagia quem tem a oportunidade de conviver com essa raça, tão ativa quanto inteligente.

A origem do Yorkshire

Yorkshire, na verdade, é a uma área da Inglaterra – conhecida pela criação de animais. E foi lá que surgiu a raça Yorkshire, que teria sido resultado de cruzamentos de Terriers e outras raças.

A raça conquistou as madames da Inglaterra antes de chegarem à América, em 1880. Naquela época, o Yorkshire tinha uma gama muito variada de pesos e tamanhos, podendo chegar a até 6kg - o que causava certa confusão. Depois de muitos anos se instituiu que, quanto menor o exemplar, mais adequado. Hoje os criadores fazem o possível para manter os exemplares em até 3kg.

E como todo cachorro de porte mini, o Yorkshire tem necessidades nutricionais específicas. Por isso a linha Fórmula Natural possui uma versão especial, com todos os nutrientes para que seu York tenha uma vida longa e saudável.

Sua pelagem lisa, macia e longa, é uma das características físicas mais valorizadas pelos donos e criadores. No entanto, ela exige bastantes cuidados, como a escovação diária – que evita nós e mantém a pelagem bonita.

A convivência com um Yorkshire

O Yorkshire tem dois lados. O primeiro é aquele que todo mundo vê: carinhoso, meigo e dedicado ao seu dono e à família. O York não gosta de ficar sozinho e faz de tudo para agradar, sendo um grande companheiro. Eles se adaptam ao comportamento da família e passam a fazer parte da rotina da casa. Adoram um cafuné, um colo e muita atenção.

Já o outro lado do Yorkshire é mais travesso, vivaz e ativo. Ele possui muita energia e curiosidade, gosta de brincar, desbravar e se aventurar pela casa e pelo quintal. Tem um temperamento forte e pode se tornar um pouco teimoso, mas como é muito inteligente, tende a obedecer a comandos e aprende facilmente as regras da casa.

A convivência com outros animais pode ser complicada no início. O York pode ficar um pouco retraído e desconfiado, e em algumas situações seu temperamento forte pode atrapalhar a amizade. Quando acostumado desde cedo, no entanto, ele se torna um bom companheiro e pode ter no outro animal um amigo para suas brincadeiras.

Mimado, ele?

Por seu porte pequeno e docilidade, muitos donos acabam criando o Yorkshire como um bicho de pelúcia. Colo em excesso, muitos mimos e dificuldade em deixar o cão solto para brincar fazem dele um forte candidato a tornar-se mimado. Muitos donos acham graça nessa maneira de criar um Yorkshire, mas acabam enfrentando sérios problemas comportamentais por conta disso.

Um Yorkshire mimado tende a ser valente com pessoas e outros animais, pois sabe que está sempre protegido pelo dono. Seu temperamento forte se destaca na personalidade, fazendo com que lata muito, se torne barulhento e possessivo. O melhor é cuidar dele com muito amor – mas sem exageros.

Pronto para ter um grande companheiro? Apesar de pequeno no tamanho, a alegria de ter um Yorkshire em casa é notável. E como bons amigos que são, eles retribuem todo o cuidado com muito carinho e dedicação com seu dono e sua família!


Outras Notícias sobre Raças