Segunda via de Boletos

Pointer Inglês

Esbelto, elegante e de porte aristocrático, o Pointer Inglês possui curvas graciosas, aparência elegante e muitas características cativantes que fazem dele um companheiro amado. Exímio caçador, tem qualidades de sobra para conquistar a todos  com sua nobreza e vitalidade sem limites!


Pointer_ingles_capa

História de sua origem

A  real origem do Pointer Inglês ainda é bastante controversa, mas a teoria que mais se sustenta é que ele é originário da Espanha, de onde foi exportado para a Grã Bretanha. Depois do cruzamento com várias outras raças, resultou-se, enfim, o primeiro verdadeiro Pointer, apresentado em exposições pela primeira vez no ano de 1859, quando conseguiu provar que bons cães de caça poderiam sim ser bonitos e bem estruturados!

Aprimorada para a caça, a raça tem, marcada em seu nome, a sua principal habilidade: sair em busca de sua presa e ‘apontá-la’ (‘to point’; daí, seu nome) para o caçador. Para tal atividade, possui um faro invejável, muita agilidade e grande força física, o que lhe permite percorrer grandes distâncias atrás de suas presas.

Embora a raça não seja tão popular aqui no Brasil, em países da Europa, onde a caça é um esporte permitido, ela lidera o ranking das mais populares. Na Itália e na Espanha chega a estar há anos, entre as dez raças mais populares.

Convívio e comportamento

O cão de raça tem a reputação de ser um caçador bem rústico, mas quando está dentro de casa, em família, o Pointer Inglês é gentil e bem comportado e, muitas vezes, bem amável. Possui uma memória extraordinária e grande facilidade para o aprendizado.

Protetor, alerta e muito leal, o cão tem uma personalidade forte e independente: consegue resolver questões sozinho e gosta de ficar em seu canto por algum tempo. E, ao mesmo tempo em que é muito apegado ao dono, não costuma solicitar carinho e atenção o tempo todo.

Pode apresentar comportamento reservado diante de pessoas estranhas e quando em contato com outros cachorros o convívio tende a ser pacífico. Entretanto, como são geneticamente considerados cães de caça, é preciso tomar cuidado se houver outros animais em casa, como pássaros, gatos e roedores.

Na maioria das vezes é bem gentil, seu comportamento energético pode apresentar quadros de agressividade em algumas ocasiões. Mas como ele está sempre muito atento aos comandos de seu dono, o adestramento de obediência torna-se bastante tranquilo, sem grandes dificuldades.

O Pointer foi desenvolvido para caçar em dupla com o homem e por isso, está muito apto a ficar mais atento aos comandos de seus donos e estabelecer, naturalmente, uma relação de parceria mais forte que a de outros cães de caça.

Esse vínculo é uma qualidade muito apreciada em cães de companhia, por isso, procure atividades que vocês posam desenvolver juntos. Se você for adepto a corridas, por exemplo, vale a pena levar seu Pointer Inglês junto com você. E tenha uma surpresa ao perceber que você ficará cansado muito antes do cachorro!

Muito agitado e com bastante energia, é um cão ideal para quem possui um terreno com grandes extensões. Com fôlego para correr durante horas, o cachorro vai adorar desenvolver seu galope e praticar atividades físicas regularmente, evitando se tornar frustrado e destrutivo.

Saúde e cuidados específicos

Em relação à saúde, a raça não está sujeita a doenças hereditárias típicas e, por isso, não inspira grandes preocupações, apenas cuidados básicos. Eventualmente, pode apresentar problemas como: entrópio, displasia coxofemural, otite, calosidades, obesidade, osteoporose neurotrópica e alergias na pele e epilepsia.

É aconselhável escovar o pelo com frequência para evitar o acúmulo do pelo morto que pode embolar e até mesmo causar problemas de pele. Também é bom verificar regularmente as orelhas para evitar que elas desenvolvam qualquer tipo de infecção.

Precisa de muito exercício físico em pelo menos uma hora de atividades todos os dias. Se vive dentro de casa, não vai conseguir ficar parado por muito tempo. É preciso espaço para que ele possa se exercitar ao ar livre, de preferência correndo e procurando florestas em longas excursões. Caminhadas diárias e exercícios construtivos são importantes para manter o corpo e a mente do cão de raça em forma.

É preciso levar em conta que o Pointer Inglês é um caçador nato e que, mesmo que viva bem dentro de casa, não é um cão que vive tranquilamente na cidade. Ele precisa descarregar suas energias no campo, junto à natureza.


Outras Notícias sobre Raças