Segunda via de Boletos

Gato Angorá: Fofura , elegância e independência

Dentre as raças mais antigas e requisitadas, encontramos o gato angorá, um felino que esbanja beleza e desperta a atenção por onde passa. São muitas as pessoas que optam por domesticar esse bichano por conta dos traços de sua personalidade, sendo considerados ideais para se criar em casa e para muita troca de amor.

Olhar-gato-angora-capa

Como tudo começou

Angorá era o nome de uma cidade turca e, como o próprio nome indica, tais felinos têm origem na Turquia. O primeiro deles era um bichano de pelos compridos, que foi utilizado para procriação e criação de outras raças que existem até os dias atuais, como o persa.

Por toda essa beleza e majestade, os gatos brancos e peludos eram considerados animais que levavam sorte aos donos, sendo desejados pelos comerciantes mais ricos da região.

Foi a partir do século XVII que o navegador Pietro Della Vale levou os felinos para Europa, chegando primeiro na Itália. Já no próximo século, os bichanos passaram a ser cobiçados, fazendo sucesso nos salões da nobreza francesa. Muitas personalidades históricas passaram a desejar o bichano.

Características do angorá

Cabeça pequena a média e de formato triangular é uma das características do angorá, que apresentam também nariz “achatado”, queixo arredondado e alinhado ao focinho. As orelhas são grandes, largas na base e pontiagudas. Os olhos são amendoados e geralmente de cor âmbar (ou azuis no caso dos que possuem pelagem branca).

Ele possui tamanho pequeno a médio, porte elegante, ossatura pequena e caixa torácica estreita. As patinhas são pequenas, redondas e delicadas, com pelagem até mesmo entre os dedos.  A cauda é longa e afinada com longos pelos. A ponta toca a cabeça quando colocada invertida sobre o dorso.

Falando na pelagem, além de longos os pelos do angorá são finos e sedosos, com prevalência sobre o pescoço, ventre e cauda. Já o dorso e o focinho contam com pelinhos menores. Branco puro, preto, azul chocolate, lilás, vermelho, smoke e outras tonalidades parecidas são as cores dessa raça.

Embora os pelos sejam longos, a escovação semanal é suficiente, já que não apresentam sub pelos (causadores de embaraços e grandes nós). Porém, na época de troca de pelagem é indicado que sejam penteados todos os dias, evitando a retenção de umidade e sujeira no local.

Temperamento do gatinho

O angorá é um dos mais inteligentes gatos, além de ser amoroso e dócil. Adora um carinho e um mimo do dono, apresentando verdadeira devoção aos seus “pais humanos”. A raça ainda apresenta um comportamento de brincalhão, adorando brincadeiras com bolinhas e corridas.

A fácil sociabilidade com crianças é um traço marcante desse bichano. Ele ainda costuma se dar bem com outros animais e até mesmo cães, desde que antes passem por um processo de familiarização.

São bons animais para a vida em apartamentos e locais pequenos. São preguiçosos e muito caseiros. Mesmo assim, um mínimo de atividade física é recomendável. O angorá certamente irá preferir um cobertor quentinho a um passeio ao ar livre.

Saúde do angorá

Os angorás brancos puros e de olhos azuis são, geralmente, surdos, ponto que deve ser levado em conta pelos donos na hora de optar pelo bichano, já que alguns cuidados precisarão ser tomados.

Por conta dos pelos longos, esses felinos precisam de banhos quinzenais, sendo que sua pelagem precisa ser bem seca para evitar embaraços, perda de brilho e até mesmo problemas de saúde, como gripes.

Os bichanos dessa raça costumam apresentar dificuldades no trato urinário, fazendo xixi em áreas incomuns. Quando doentes, apresentam urina com sangue e até mesmo um mau odor. Tal condição pode ser medicada com auxílio de um médico veterinário e prevenida com uma alimentação de qualidade.

Rações específicas para essa raça são essenciais para evitar problemas de saúde, como o citado acima e também diabetes, causada geralmente por obesidade.  Portanto, antes de adquirir um bichano destes tenha certeza que poderá arcar com os custos de uma ótima alimentação.

Os gatos angorás representam o máximo da elegância felina e são requisitados por grandes personalidades desde o início de sua origem. Um angorá famoso entre as crianças é o Mingau, o pet da personagem Magali da Turma da Mônica. Muita beleza e amor para um único bichano!

Outras Notícias sobre Raças