Segunda via de Boletos

Dálmata - Dono de uma empolgação incansável

Famoso por causa da trilogia da Disney “101 Dálmatas” e conhecido por ser um cachorro de “bolinhas”, o dálmata enche os olhos de quem vê. Trata-se de um cachorro muito bonito e atrativo: possui grande porte, formas harmoniosas e pelagem manchada de maneira contrastante.

Dalmata-capa

Estamos falando de um cão cheio de energia, que aprecia brincadeiras ao ar livre e exercício. Por isso, para manter seu porte e comportamento agradável, é necessário dar-lhe atenção e levá-lo para brincadeiras ao ar livre.

Será que o dálmata é a melhor opção de raça para conviver com você e sua família? Confira abaixo:

Amigos e brincalhões, dálmatas são cães cheios de energia

Os cachorros da raça dálmata são muito espertos e ativos. Estes animais têm muita energia e gostam de brincar, passear e correr. Um cão desta raça não deve ser mantido em locais pequenos, sem passeios ao ar livre e não são recomendados para pessoas que não possuam tempo ou energia para estimulá-los com atividade física. No caso de crianças grandes, este cão é ótima companhia, pois gosta de brincar e fazer “bagunça”.

Inclusive, esta raça foi criada, originalmente, para correr muitos quilômetros, por isso, é perfeita para pessoas que gostam de ter um companheiro para corridas. Em meados de 1900, na Inglaterra, era comum que pessoas de altas camadas da sociedade fizessem passeios de carruagens com seus cães dálmatas as seguindo. Sendo assim, foram apelidados de “coach dog”, cão de carruagem.

Como este cãozinho é muito empolgado, é necessário que ele gaste energia para que tenha bom comportamento em casa. Não que ele seja muito destruidor. Mas, se ocioso, pode se demonstrar impaciente.

Ele é um animal muito inteligente e fiel, configurando um ótimo guardião, com verdadeiro instinto protetor. Porém, não é, exatamente um cão que assusta, pois não tem aspecto agressivo.

O temperamento do dálmata é estável. Ele costuma se dar bem com outros animais. Em alguns casos, pode ser um pouco desconfiado, mas não costuma ser agressivo. Pode ser um pouco teimoso.

Surdez e pedras nos rins podem acometer dálmatas

Uma das grandes preocupações de quem possui um dálmata em idade avançada, deve ser com o aparecimento de surdez (que pode ser confundida com desobediência) e cálculos renais. Por isso, é recomendado acompanhar a qualidade da audição com exames.

Já para tratar as pedras nos rins, os cuidados são parecidos com a prevenção de cálculo renal humano. O dono tem que consultar o veterinário sobre as melhores opções para alimentação e oferecê-lo água limpa em abundância. Além de levá-lo para urinar o máximo de vezes que puder, sem deixar que ele fique esperando por muito tempo. Na verdade, estes cuidados devem ser tomados com todos os cães, pois são básicos para sua saúde e bem-estar.

Outros cuidados com o dálmata

Esta raça possui pelagem naturalmente bonita e fácil de manter. Bastam escovações a cada dois dias para retirar pelos mortos. Sua pelagem não cai muito. Caso note queda de pelo, deve-se consultar o veterinário para a indicação de um shampoo próprio.

Lembramos também que os dálmatas filhotes ainda não possuem as cores de seu estado adulto. Eles não chegam à sua aparência definitiva até o primeiro ano de idade.

Suas orelhas são tombadas para a frente, por isso é necessário verificar se há sujidade. Basta limpá-las com algodão, para não machucar, enrolando-o no dedo indicados. Jamais coloque objetos pontiagudos ou cotonetes no ouvido de cães.

Este cachorro é medianamente tolerante ao frio, ficando mais confortável em climas tropicais, devido ao seu pelo curto e ao seu gosto por exercícios ao ar livre.

O dálmata é um cão muito querido, que precisa de muita atenção e carinho da família. Eles são muito ligados ao dono e costumam segui-lo por onde ele vai. Caso sejam ignorados ou afastados do convívio com os donos, este cão pode ficar melancólico e deprimido.

Como podem ver, os cachorros desta raça não requerem cuidados muito específicos, apenas as preocupações comuns a todos que decidem ter um novo membro na família, com quatro patas. Além disso, o dálmata é, sem dúvida, uma raça muito apreciada por crianças e adultos.


Outras Notícias sobre Raças