Segunda via de Boletos

Chihuahua – o menor cão do mundo

Quando o assunto é cão de companhia, a maioria das pessoas prezam por um animal de pequeno porte. Quanto menor, melhor para a maioria dos donos – já que isso significa menos trabalho e mais fofura. Pensando assim, é fácil entendermos porque o Chihuahua tornou-se tão popular mundo afora: ele é considerado o menor cão do mundo.


Cachorro-raca-chuaua2

O surgimento da raça possui várias teorias – nenhuma delas 100% aceita. Apesar de ser uma das primeiras raças a ser reconhecida e registrada, ela ficou mais famosa graças a várias celebridades pelo mundo, que passaram a desfilar com seus pequenos melhores amigos.

Peludo ou pelado?

O Chihuahua possui algumas características físicas bem marcantes. Primeiramente, seu pequeno porte chama a atenção – o ideal é que o cão não ultrapasse os 3kg. Depois, podemos destacar seus olhos, que são grandes e expressivos. A pelagem pode variar, tanto na cor quanto no estilo: enquanto alguns exemplares têm pelo curto, outros possuem uma pelagem longa – que precisa ser escovada regularmente.

Além de pequenos, eles são muito sensíveis e frágeis por sua estrutura reduzida. Fica fácil imaginar que sua expectativa de vida é pequena, mas na verdade eles vivem entre 12 e 18 anos – uma expectativa de vida bastante grande. Quando chegam nesta etapa, é importante fornecer todos os nutrientes que o Chihuahua precisa para envelhecer com qualidade de vida. A linha Fórmula Natural possui uma versão especialmente desenvolvida para cachorros de porte pequeno que estejam nesta fase da vida.

Na hora de adquirir um Chihuahua, é preciso cuidado: a supervalorização de exemplares cada vez menores acabou fazendo com que alguns tivessem sérios problemas de saúde. Se a ideia é ter um cão saudável e dentro dos padrões, a melhor saída é sempre buscar um canil confiável.

Pequeno, porém corajoso

Ele é conhecido por ser um cão de luxo, que vive no colo a ganhar afagos. Mas o exagero neste comportamento pode criar um animal desequilibrado. É que na verdade, apesar do pouco tamanho, o Chihuahua tem instintos bastante fortes, que traçam sua personalidade. Quando muito mimado tende a ficar possessivo barulhento e incomodado.  Com tanto colo, alguns também ficam obesos, graças a uma alimentação exagerada ou ruim em nutrientes aliada a pouco exercício físico. O ideal é dar colo, mas sem exageros.

Acredite se quiser, ele possui forte instinto caçador. Isso lhe dá fama e atitude de corajoso, sempre atento a tudo que acontece a seu redor. Quando a campainha tocar, não espere indiferença: ele quer saber quem é e não vai descansar até conseguir. Num primeiro momento, late e avisa sobre a presença de estranhos, sendo um excelente cão de alerta graças a sua audição bem desenvolvida.

O Chihuahua é sempre temperamental?

Há quem diga que a raça tende a ser temperamental. Na verdade, eles podem ser tornar possessivos e barulhentos, mas depende do comportamento individual do cão e também da criação do dono. Ele é conhecido por sua extrema devoção a uma única pessoa – e fará de tudo para agradá-la e protegê-la.

Apesar disso, também é um cão de família, que adora passear e brincar ao ar livre. Mas nada de deixa-lo no quintal: ele gosta e precisar ficar dentro de casa, junto do dono, num ambiente quentinho e aconchegante.

O Chihuahua é pequeno em tamanho, mas compensa em devoção e amor para com seu dono. Aqueles que estiverem dispostos a amá-lo, com certeza ganharão um melhor amigo para muitos anos!

Outras Notícias sobre Raças