Segunda via de Boletos

Affenpinsher: O pinscher macaco

Com uma graciosa mistura de exuberância e sabedoria, o Affenpinscher é um pequenino animal de companhia muito brincalhão e dinâmico. Tão divertido que ao chegar em casa, com certeza ele vai te receber com um brinquedinho na boca: um convite sutil para brincarem um pouquinho pela casa.


Affenpinscher_capa

Perfeitamente adaptado à convivência em apartamentos, seu apego ao lar e seu arrojo fazem do cão de raça um ótimo guarda vigilante. E, com excelente senso de humor, adora fazer todos na casa muito felizes.

A origem e a história da raça

Cão de tamanho toy, o Affenpinscher é uma raça tão antiga que podem ser encontradas referências de cães com portes e características bem semelhantes em pinturas anteriores ao século XVII. Entretanto, a primeira aparição em uma exposição canina foi em 1879.

De origem alemã, algumas pessoas se referem a essa raça como uma miniatura da raça Schnauzer, enquanto outras pessoas o comparam com o Griffon Belga. Mas a teoria que mais se sustenta mesmo é que o Affenpinscher tenha se originado dos pinschers alemães de pelo duro.

Uma das mais antigas raças de pequeno porte, inicialmente foi utilizada como cão de fazenda, sendo responsável por caçar ratos e outros grandes roedores. Com o passar do tempo, se tornou uma raça menor e se popularizou como um companheiro para ter em casa.

A curiosidade dessa raça está em seu nome. Affe em alemão significa macaco, ou seja, o termo Affenpinscher quer dizer “Pinscher macaco”. Nome especialmente dado devido à semelhança da cabeça do cachorro dessa raça com a de alguns macacos. E, acredite, além da aparência, o modo aparecido de agir lembra muito o jeito exibicionista de alguns macacos!

Tipo de comportamento e convívio

Uma raça muito amorosa, afetuosa e leal: assim é o Affenpinscher. É caracterizado no standard da raça como um "cão de família em todos os aspectos" e, apesar de às vezes demonstrar impaciência e teimosia, é considerado um cachorro calmo e obediente. Ele é facilmente adaptável à sua família e a ambientes pequenos, sem espaço ao ar livre.

Embora seu tamanho, porte e cabelos cobrindo-o da cabeça aos pés deixem-no com um ar de cão frágil, a sua personalidade é, na verdade, bem o oposto. Esta raça é extremamente destemida e corajosa.

Sempre atento a tudo que acontece ao seu redor e muito leal aos seus donos, não deixa escapar nenhum ruído e é considerado um bom cão de guarda e protetor incansável. Ou seja, um ótimo vigilante, capaz de manter qualquer ameaça ou intruso bem distante, apesar de seu tamanho toy.

Muito sensível, é um cachorro que não gosta de viver sozinho e por isso, não é indicado para lares onde as pessoas passam o dia todo fora de casa. O ideal é que a família esteja sempre presente.

É o tipo de cão ideal para apartamentos e casas pequenas, além de famílias com crianças.

Saúde e cuidados especiais

Em geral, trata-se de uma raça muito saudável que pode alcançar até 12 anos de vida. Entretanto, alguns cachorros podem apresentar problemas oculares e respiratórios (como falta de ar).

E, apesar de ser bem energético e adorar brincadeiras, seu cãozinho vai precisar apenas de pequena quantidade de atividade diária para manter-se saudável. Atividades no quintal, ao ar livre e passeios regulares são sempre bem-vindos, mas não é uma raça que pode viver fora de casa. Aulas de adestramento básico também são indicadas para esse cãozinho.

Coberto por um pelo duro, áspero e bastante abundante, sua pelagem precisa ser escovada, no mínimo três vezes por semana e, se possível, diariamente, para evitar o aparecimento de nós e manter o aspecto brilhante.

Na hora de tosar, é aconselhável optar por profissionais bem treinados, pois o cão pode ficar inquieto e se mover muito durante o processo.

E, como este Pinscher é bastante espevitado, uma dica importante é tomar cuidado e ficar bem atento por onde ele pisa e senta. Ele pode estar embaixo de você em um rápido piscar de olhos!

O cão de raça Affenpinscher possui um grande destemor e, assim como algumas outras raças de porte pequeno, não tem plena noção de como ele é realmente pequeno. Então, para a própria segurança do seu cachorro, verifique sempre se ele está bem preso a uma coleira quando estiver passeando com ele em locais públicos. Eles podem tentar desafiar, sem medo, cães bem maiores que eles!


Outras Notícias sobre Raças