Segunda via de Boletos

Desmame de Cachorro - quais os cuidados que devemos ter

O desmame dos filhotes de cachorro acontecem, normalmente, a partir do seu primeiro mês de aniversário, embora a mãe ainda tenha leite, muitas vezes até a sexta semana do parto.

Esse é o período mais importante para a saúde dos filhotes e também da mãe. Enquanto o filhote está aprendendo a ter a alimentação sólida, a mãe precisa também manter a sua saúde.

Desmame_capa

Os cuidados durante a amamentação

Enquanto a mãe estiver amamentando é preciso evitar mexer muito nos filhotes. A proteção materna pode tornar a mãe agressiva, e isso é natural: ela quer proteger os filhotes, sabe que eles são frágeis e que dependem de seus cuidados. Mesmo antes do parto, arrume um local aconchegante para a mãe, longe do frio e de possíveis chuvas, e só acompanhe os acontecimentos.

A mãe sabe os cuidados necessários, mesmo sendo marinheira de primeira viagem. Ela vai cuidar para que fiquem protegidos e fará a higiene dos bebês como qualquer outra mãe faz.

Tenha atenção redobrada no final do primeiro mês de vida

No final do primeiro mês, quando já estão mais fortes, os bebês cãezinhos começam a ter os primeiros dentes e sua intenção é explorar o ambiente. Também é o momento em que se interessam por água e pelos primeiros alimentos sólidos, vão querer comer o que você oferece à mãe e isso precisa ser evitado.

Os filhotinhos precisam de uma dieta adequada nesse período, é quando eles se acostumam com alimentos sólidos, mas ainda não abandonaram totalmente o leite materno.

Nesse período o leite já não fornece todos os nutrientes que os filhotinhos precisam e a alimentação deve ser específica para a idade deles. Tanto os filhotes precisam de suplementos, já que estão mais ativos, quanto a mãe, que acaba se desgastando com o fornecimento do leite aos filhos.

Para que se acostumem com alimentos sólidos é excelente fornecer uma papinha, são produtos que podem ser encontrados em diversas opções e devem ser servidos diluídos em água. Assim é possível acostumar os filhotes com alimentação sólida, antes que passem só para a ração.

Uma papinha especial para a fortalecer a mãe também pode ser necessária, principalmente se a ninhada for além de seis filhotes. Isso vai garantir que ela tenha saúde tanto para alimentar os filhos quanto para si própria.

Não desmame os filhotes de uma vez

Assim como qualquer criança humana, os filhotinhos precisam ser acostumados com a alimentação sólida. Então, nunca os tire de uma vez da mãe. Eles precisam ir tomando o leite materno e, ao mesmo tempo, ingerindo alimentos que lhes forneçam mais nutrientes.

Enquanto eles vão desmamando e começando a comer, acostumam-se mais rapidamente e você terá filhotes saudáveis e fortes. Nunca forneça aos filhotinhos o leite de vaca, com a intenção de suplementar o leite materno. O leite da mãe tem tudo o que eles precisam nesses primeiros dias de vida.

Se você inserir leite de vaca na nutrição dos filhotinhos, vai criar um problema sério, tanto para eles quanto para você mesmo: fatalmente eles terão diarreia, cólicas e flatulência. O organismo dos cães não foi feito para o leite de vaca, mesmo que seja diluído. Evite também fornecer comida de humanos, entenda que o organismo dos cães é diferente do nosso e, embora tenham necessidade praticamente dos mesmos nutrientes, a maneira como eles são digeridos é só deles.

Os filhotinhos podem, num primeiro momento, rejeitar os alimentos que oferece, mas você deve insistir em manter à disposição deles a nova dieta. Com o tempo e com a agitação que normalmente têm os filhotes, acabarão por sentir fome e irão se acostumar com o novo alimento.

Aos poucos, e naturalmente, eles vão deixar de mamar, preferindo mais a comida do que o leite e esse processo também será natural: a mãe vai deixando de produzir leite.

Quando estiverem nessa fase também é importante manter a comida à disposição, pois a mãe pode algumas vezes se recusar a dar de mamar aos filhos. Isso porque eles já possuem os primeiros dentes e acabam machucando as mamas maternas, provocando desconforto na mãe.

Acostumando seus filhotinhos com um tipo de ração (e é importante que seja recomendada por um veterinário), não a troque por outra. A nova ração muitas vezes tem sabor diferente e os filhotes podem não aceitar de primeira vez. Quando for trocar – e, insistimos, não faça isso sem o conhecimento do veterinário – vá misturando a nova ração à anterior, aos poucos, acrescentando sempre uma maior proporção, para que eles não sintam a diferença.


Quer saber mais sobre a Magnus e o cachorro mais famoso do Brasil? Curta e siga a gente no Facebook (www.facebook.com/MagnusOficial/) e no Instagram (www.instagram.com/magnusoficial/).

Outras Notícias sobre Curiosidades